quarta-feira, 17 de maio de 2017

Bomba da Lava Jato explode no lado contrário



Com a informação de que o presidente Michel Temer foi gravado dando aval para a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, o jornalista Lauro Jardim desestabiliza o poder e o processo político brasileiro. O envolvimento não se cinge ao presidente. Ele se estende a todo o PMDB e a todo o PSDB.
As conseqüências da denúncia feita por Lauro Jardim são de gravidade que poderá mudar o rumo das instituições brasileiras. O objetivo fundamental da campanha e da perseguição da Operação Lava Jato, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal em envolver o ex-presidente Lula com a JBS explode exatamente no lado oposto.
Se a gravação feita pelo presidente da JBS realmente existe, ela tem um único objetivo: desmontar o governo brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário